O que é climatério? É diferente da menopausa?

O que é climatério? É diferente da menopausa?

Apesar do nome “climatério” não dizer muito por si só, o conceito está relacionado a uma das fases mais marcantes do corpo da mulher: a menopausa. Sim, as duas coisas são bem diferentes, mas poucos sabem disso.

Aquilo que denominamos o tempo todo como menopausa é, na verdade, climatério. Veja agora como essas duas fases se diferem e porquê afetam o dia a dia da mulher.

O que é climatério?

As pessoas definem a menopausa quando uma mulher acima dos 40 anos de idade apresenta os seguintes sintomas:

  • Alterações de humor;
  • Repentinas ondas de calor;
  • Esquecimentos frequentes;
  • Insônia;
  • Cansaço;
  • Infecção urinária frequente;
  • Palpitações;
  • Dor nas articulações;
  • Tristeza ou depressão;
  • Menstruação irregular;
  • Libido baixa.

Pois é, mas todos esses sintomas fazem parte do climatério, não da menopausa. O climatério é a fase da vida em que ocorre a transição do período reprodutivo ou fértil para o não reprodutivo, devido à diminuição dos hormônios sexuais produzidos pelos ovários.

O climatério se estabelece cerca de 10 anos antes da menopausa em virtude do esgotamento dos folículos ovarianos, que provoca a progressiva diminuição da produção de estrógeno. Sendo assim, o climatério chega entre os 45 e 50 anos da mulher.

Agora que você já sabe o que é climatério, entenda no que consiste a menopausa.

O que é menopausa?

A menopausa é marcada pela última menstruação. Quando uma mulher apresenta os sintomas do climatério citados acima e não menstrua há pelo menos 12 meses consecutivos, o médico pode diagnosticar a menopausa. Ele pode solicitar outros exames para confirmar, como a taxa do hormônio FSH no sangue.


A última menstruação costuma ser entre os 48 e 55 anos e também gera mudanças:

  • Ganho de gordura corporal;
  • Transpiração excessiva;
  • Metabolismo desacelerado;
  • Aumento do ritmo cardíaco;
  • Mucosa vaginal (revestimento interno da vagina) torna-se mais fina e seca, o que pode levar à relação sexual dolorosa;
  • Osteoporose;
  • Aparelho urinário apresenta dificuldade em reter a urina na bexiga.

Mas sem essa de temer a menopausa! Seja leve! Viva intensamente e da melhor maneira cada momento da sua vida. É possível aliviar os sintomas desse período; há várias formas de cuidar-se. Veja só!

Como amenizar as sensações do climatério e da menopausa

Aos 25 anos, o metabolismo não é o mesmo que o dos 20. Aos 30, parece que fica ainda mais difícil manter o condicionamento físico em alta. Aos 40, a mudança é ainda mais notável. Sabendo disso, comece desde já a praticar exercícios físicos e cuidar da alimentação. Pode parecer bobagem, mas é o que mais vai fazer diferença no futuro.

Para evitar o estresse e a tristeza, mantenha hábitos saudáveis como meditar, entrar em contato com a natureza, ler e tirar momentos de descanso para si. Outras alternativas amplamente buscadas são:

  • Reposição hormonal para amenizar sintomas como calor, dores nas articulações e alterações de humor;
  • Reposição de vitaminas;
  • Pompoarismo: ameniza sintomas como secura vaginal, infecção urinária e constipação. Ainda favorece a autoestima da mulher e eleva sua libido;
  • Tratamento íntimo a laser: é indolor, não precisa de internação e resgata a autoestima feminina em tratamentos para secura vaginal, incontinência urinária, escurecimento vaginal e flacidez dos grandes lábios.

Não é porque o senso comum diz que envelhecer é ruim que a gente precisa acreditar! A vida está aí para ser vivida com alegria, leveza e muito amor por si mesma. Falando nisso, agora que você já sabe o que é climatério e as diferenças de menopausam, que tal ler esse artigo sobre autoestima feminina? Esperamos que goste!

Tratamento Íntimo a Laser - Rejuvenescimento Íntimo

Dra. Valéria do Lago Pareja Guerra

A ginecologista Valéria do Lago Pareja Guerra atua na Clínica Valéria Guerra, que fica em Dourados, MS. Seu contato é (67) 3422-3703. Também é possível entrar em contato pelo celular ou Whatsapp no número (67) 99972 1216.
Ela oferece o tratamento íntimo com LASER ATHENA.

Sua formação inclui:

- Medicina pela Faculdade Evangélica de Medicina do Paraná
- Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia pelo Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná
- Titulo de especialização em Ginecologia e Obstetrícia - Mato Grosso do Sul
- Formação em Videolaparoscopia Ginecológica
- Pós-graduação em Medicina Estética pela Fundação de Apoio a Pesquisa e Ensino em parceria com a Faculdade de Ciências de São Paulo FAPES/ FACIS
- Docente do Curso Médico de Cosmetoginecologia Gynelaser - Brasília DF

Últimos posts por Dra. Valéria do Lago Pareja Guerra (exibir todos)

About Dra. Valéria do Lago Pareja Guerra

A ginecologista Valéria do Lago Pareja Guerra atua na Clínica Valéria Guerra, que fica em Dourados, MS. Seu contato é (67) 3422-3703. Também é possível entrar em contato pelo celular ou Whatsapp no número (67) 99972 1216. Ela oferece o tratamento íntimo com LASER ATHENA. Sua formação inclui: - Medicina pela Faculdade Evangélica de Medicina do Paraná - Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia pelo Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná - Titulo de especialização em Ginecologia e Obstetrícia - Mato Grosso do Sul - Formação em Videolaparoscopia Ginecológica - Pós-graduação em Medicina Estética pela Fundação de Apoio a Pesquisa e Ensino em parceria com a Faculdade de Ciências de São Paulo FAPES/ FACIS - Docente do Curso Médico de Cosmetoginecologia Gynelaser - Brasília DF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *