Celulite nas pernas: como tratar

celulite nas pernas

É muito importante estar satisfeita com quem se é e isso reflete-se com a forma como lidamos com o nosso corpo. A mulher foi ensinada a abominar a celulite e agora o discurso é de empoderamento. Mas se você fica incomodada com aquele aspecto de casca de laranja provocado pela celulite nas pernas quando usa uma saia ou biquíni, vamos dar algumas dicas para você.

Para tratar a celulite nas pernas, não é preciso submeter-se a dietas drásticas ou a tratamentos longos e dolorosos. Muitas vezes, são as pequenas mudanças que trazem os maiores resultados. Saiba mais!

Entenda como tratar a celulite nas pernas em 4 passos

1. Identifique o estágio da celulite

Para poder entender melhor quais alternativas têm chances de oferecer bons resultados, é importante identificar o estágio da celulite nas pernas. Os furinhos na pele, provocados pelo acúmulo de água, gordura e toxina nas células, são geralmente divididos em quatro fases:

  • Grau 1: nesse estágio, as ondulações não são naturalmente visíveis e só aparecem na pele quando você comprime a região;
  • Grau 2: quando a celulite chega nesse estágio, já é possível visualizar os furinhos mesmo sem comprimir a pele;
  • Grau 3: a celulite desse estágio é caracterizada por apresentar nódulos bastante visíveis, que podem até mesmo provocar dores nas regiões afetadas;
  • Grau 4: os nódulos incham, ficam endurecidos e, em casos mais graves, podem até mesmo afetar a circulação.

2. Aposte em uma alimentação balanceada

É ela que proporciona um corpo saudável como um todo e não seria diferente em relação à celulite. Lembre-se de que não é preciso encarar dietas restritivas ou promover cortes de grupos alimentares inteiros do cardápio o que, em longo prazo, pode favorecer o surgimento de quadros de compulsão alimentar.

É aquele discurso de sempre: invista em um cardápio rico em frutas, verduras, legumes e carnes magras no dia a dia e deixe o açúcar, as frituras e os alimentos ultraprocessados para serem consumidos em ocasiões esporádicas.

Assim, você não precisa abrir mão de comer o que mais gosta e cuida não só da sua beleza, mas também da sua saúde e bem-estar.

 

3. Escolha um bom creme anticelulite

Quando associados a uma alimentação saudável e a prática de exercícios físicos constantes, os cremes anticelulite podem ser coadjuvantes no tratamento da celulite nas pernas nos estágios iniciais.

Na hora de escolher o seu, prefira aqueles que contêm ativos antiinflamatórios e antioxidantes e que estimulem a circulação local, como a cafeína, a carnitina e a lotus rutina.

É importante lembrar, no entanto, que esse tipo de tratamento funciona apenas como auxiliar e não pode, por si só, eliminar a celulite nas pernas.

 

4. Invista em tratamentos estéticos com tecnologia de ponta

Diferentemente do que acontece com os cremes anticelulite, os tratamentos estéticos são ótimas opções de tratamento mesmo nos estágios mais avançados de celulite nas pernas.

Para obter bons resultados, é importante investir naqueles que utilizam tecnologia de ponta, como o Bottoms UP®, programa de tratamento não-invasivo que atua com sucesso no combate e redução do problema.

O protocolo combina duas tecnologias para garantir um tratamento seguro e sem dor: a radiofrequência multipolar e as ondas acústicas radiais.

A primeira é realizada com a tecnologia TRYNEA®, que aquece a gordura subcutânea, reduzindo o volume e aparência da celulite, e estimula a regeneração do colágeno e da elastina, diminuindo a flacidez na região e melhorando o contorno corporal. O tratamento promove ainda uma massagem profunda aliada a um sistema de laser de baixa intensidade, que estimula o efeito metabólico da circulação local.

Já as ondas acústicas radiais são realizadas com a tecnologia CelluSonic®, que induz a vibração do tecido subcutâneo aumentando a circulação na região e compactando as células de gordura, o que provoca a eliminação da água e das toxinas acumuladas, melhorando o aspecto da pele.

O Bottoms UP® se destaca dos tratamentos tradicionais por combinar duas tecnologias que oferecem resultados visíveis em um curto espaço de tempo o tratamento dura em média 8 semanas, com sessões semanais sem ser invasivo ou doloroso.

[embedyt] https://www.youtube.com/embed?listType=playlist&list=PL8a-ss-hiORZISZIgVKdN355gI7uzddTm&v=dfD-yXWcXAE[/embedyt]

Gostou de entender um pouco mais sobre como é possível tratar a celulite nas pernas? Se você quer conhecer mais sobre o protocolo Bottoms UP®, visite o nosso site agora mesmo e venha se transformar na sua melhor versão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *