Mitos e verdades sobre celulite: descubra de uma vez

mitos e verdades sobre celulite

Quando o assunto é celulite, sobram informações desencontradas sobre o que funciona de verdade e o que não funciona para atenuar os furinhos.  

Afinal, usar calças apertadas podem piorar o aspecto da pele? E tomar muito refrigerante ou água com gás? Um bom creme anticelulite dá mesmo fim ao aspecto de casca de laranja?

Para responder a essas dúvidas, criamos esse post. Nele, você vai encontrar alguns mitos e verdades sobre celulite bastante comuns, e descobrir o que você pode fazer para manter a pele saudável e livre de ondulações. Acompanhe a leitura!

6 mitos e verdades sobre celulite que você precisa entender melhor

1. “Refrigerante e água gaseificada causam celulite por causa do gás”

Mito. O gás presente nessas bebidas, por si só, não provoca celulite. No entanto, o consumo de bebidas com muito açúcar e poucos nutrientes, como os refrigerantes, contribui para o  sobrepeso e o surgimento das ondulações na pele.

Optar pela versão zero açúcar também não é uma medida eficaz. Rica em sódio, a bebida aumenta as chances de retenção de líquidos, um dos principais agravantes da celulite.

Já a ingestão de água com gás ou sem  não só não interfere no processo como pode atenuá-lo, ao hidratar a pele e favorecer o fluxo sanguíneo.

2. “Por melhores que sejam, cremes não resolvem a questão da celulite”

Verdade. Um bom creme anticelulite pode até atuar como coadjuvante no combate às ondulações da pele, especialmente nos casos mais leves, mas, isolado, não resolve a questão da celulite.

Se você quer dar adeus ao aspecto de casca de laranja na pele, precisa investir em boa alimentação, exercícios físicos, hidratação constante e tratamentos estéticos com tecnologia de ponta.

3. “Exercício é bom para tonificar, mas não ajuda em nada na celulite”

Mito. Os exercícios físicos têm um papel importante na diminuição da celulite, já que além de tonificar a pele e combater o sobrepeso também melhoram a circulação sanguínea, o que contribui para o controle e atenuação das ondulações.

No entanto, ele não deve ser utilizado como medida isolada. Para melhorar de vez o aspecto da pele, aposte também em uma alimentação equilibrada e tratamentos estéticos eficientes.

4. “Só tem celulite quem está acima do peso”

Mito. Embora o sobrepeso seja sim um dos causadores da celulite, ele não é o único. Questões hormonais, má alimentação, sedentarismo e até mesmo a maneira como as fibras musculares estão dispostas no corpo feminino contribuem para a formação dos furinhos, o que faz com que eles apareçam até mesmo em mulheres que estão dentro da faixa de peso considerada adequada para a sua altura.

5. “Calça jeans muito apertada pode acabar piorando a celulite”

Verdade. Embora nenhuma roupa possa, isoladamente, provocar a celulite, o uso de calças muito apertadas — sejam elas jeans ou não — pode sim piorar o aspecto das ondulações na pele ao prejudicar a eliminação adequada das toxinas do organismo.

6. “Comer gelatina ajuda a diminuir a celulite porque tem colágeno”

Mito. A gelatina comum, que você compra no mercado em sabores variados, é rica em açúcar, corantes e conservantes e pobre em colágeno — em geral, contém entre 0,76 e 2 g da substância a cada 120 g.

De acordo com especialistas da Universidade de São Paulo, para obter algum benefício no que diz respeito a melhora do aspecto da pele, seria necessário ingerir no mínimo entre 8 e 10 g de colágeno por dia.

Logo, o uso de gelatina comum para atenuar as ondulações formadas pela celulite ou mesmo a flacidez é totalmente ineficaz.

Gostou de saber mais sobre alguns mitos e verdades sobre celulite? Então aproveite para ler o post “Celulite: tratamento seguro existe sim!” e descubra como cuidar da sua pele de maneira eficaz e segura!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *