Pular corda diminui celulite: saiba como se exercitar

flacidez nas pernas

Você já ouviu falar que pular corda diminui celuliteA brincadeira de criança com frequência tem sido apontada em sites e revistas de beleza como uma alternativa para quem deseja combater as ondulações e furinhos nas pernas provocados pelo quadro.

Mas afinal, o que há de verdade nessa nova moda? Será que pular corda diminui celulite mesmo? É o que você vai descobrir agora. Acompanhe a leitura!

Afinal, pular corda diminui celulite?

Sim! Pular corda é um excelente aliado de quem deseja diminuir ou atenuar o aspecto de casca de laranja da pele. Isso porque em 40 minutos é possível detonar 600 calorias, o que faz da atividade um excelente exercício aeróbico.

Dessa maneira, fica muito mais fácil mandar para longe os quilos extras e, dessa maneira, se ver livre da celulite. Outra vantagem é que trata-se de uma atividade simples, que pode ser realizada em qualquer lugar perfeita, por exemplo, para quando você está viajando ou sem tempo de ir até a academia — e que ajuda a deixar o corpo mais modelado, já que tonifica os músculos quando praticada constantemente.

Pular corda diminui celulite também porque atua na eliminação das toxinas, uma vez que a movimentação constante e o impacto provocado pelos saltos estimulam a circulação sanguínea e fazem você suar, dando aquela força para o combate das ondulações e nódulos tão característicos do quadro.

Apesar de todas as vantagens que o exercício proporciona para quem deseja se livrar da celulite, é sempre bom lembrar que, para trazer excelentes resultados, a atividade precisa ser aliada a outros cuidados.

Um dos mais importantes diz respeito a alimentação. Manter-se constante no hábito de pular corda terá pouco ou até mesmo nenhum resultado se você insistir em uma alimentação desregrada, rica em açúcar, farinha branca e produtos industrializados.

Para potencializar os resultados da atividade física, também é essencial manter o corpo hidratado, tomando 35 ml de água por quilo de peso diariamente e investir em tratamentos estéticos desenvolvidos com tecnologia de ponta, que trazem resultados efetivos em poucas sessões.

Como começar a praticar?

Pular corda é um exercício bastante democrático, que pode ser praticado em aulas específicas na academia ou mesmo sozinha, em casa ou em ambientes abertos, como parques e praias.

No entanto, antes de começar a pular corda, é importante ficar atenta a alguns cuidados:

  • se tiver algum tipo de dor, desconforto ou lesão nos joelhos ou na coluna, consulte um médico antes de começar a praticar a atividade;
  • pessoas muito acima do peso também devem consultar um profissional para evitar a sobrecarga das articulações;
  • sedentários devem começar praticando a atividade por 20 minutos diários, e ir aumentando o tempo progressivamente. Se você se sentir muito cansada, pule por 1 minuto e faça pausas de 30 segundos até alcançar esse limite;
  • é importante, no entanto, manter a meta de se exercitar no mínimo três vezes por semana;
  • quem tem um bom condicionamento físico pode experimentar também variações do estímulo, pulando mais rápido, mais devagar ou cruzando a corda, por exemplo.

Gostou de entender porque pular corda diminui celulite? Então aproveite para conhecer alguns exercícios que você pode praticar nas férias e descubra o que fazer para não perder o ritmo nesse período!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *