Foliculite decalvante: entenda essa inflamação na raiz do cabelo

Foliculite decalvante como tratar

A foliculite é uma inflamação na base do cabelo e que tem a aparência e os sintomas similares aos de uma espinha. Agora, a foliculite decalvante — menos comum — é um tipo de inflamação que pode causar uma série de problemas caso não seja tratada logo no início.

E o motivo para isso é simples: quando a foliculite decalvante não é tratada, o couro cabeludo pode apresentar uma falha no crescimento local dos cabelos, deixando entradas profundas.

E é por conta dessa falta de informação a respeito da foliculite decalvante que preparamos este artigo. Acompanhe, e saiba tudo sobre esse tipo incomum de inflamação na raiz do cabelo!

O que é a foliculite decalvante?

Como destacamos, trata-se de um tipo de inflamação — que pode ser aguda ou crônica — e que tem origem na glândula sebácea dos fios de cabelo.

Vale adiantar que ela pode acontecer em qualquer lugar do corpo onde cresçam pelos, só que a prevalência ocorre, mesmo, no couro cabeludo. E o problema real acontece quando os sintomas iniciais são ignorados, uma vez que a condição pode evoluir para cicatrizes definitivas.

Como ela afeta o couro cabeludo?

Agressiva, a foliculite decalvante prejudica diretamente o folículo, gradativamente até que ele seja destruído. Não à toa, uma consequência grave dessa inflamação é o quadro de alopecia definitiva no couro cabeludo das pessoas.

Além disso, há o risco de furúnculos aparecerem em decorrência da infecção por bactérias. Por isso, é fundamental compreender como a foliculite se manifesta e como lidar com ela.

Foliculite decalvante foto

Quais são as causas da foliculite decalvante?

Em geral, a foliculite decalvante pode acontecer mediante as seguintes situações:

  • Infecções que tenham sido causadas por estafilococos, além de outros tipos de infecções decorrentes de fungos ou vírus;
  • Retenção de umidade e de calor no couro cabeludo;
  • Picadas de inseto;
  • Consequência do uso de medicamentos (como cremes esteroides).

Além disso, a foliculite decalvante costuma acontecer em um grupo de risco formado por homens jovens. Atenção, portanto, caso você se enquadre nesse perfil.

Existem tipos diferentes de foliculite decalvante?

As lesões costumam acontecer gradativamente, com bolinhas avermelhadas se proliferando ao redor dos folículos. No geral, os sintomas são comuns para a foliculite, independentemente da sua causa, como:

  • Queimação;
  • Coceira;
  • Sangramento local;
  • Inchaço sobre a pele.

É importante mencionar, também, que esse tipo de inflamação tem um aspecto crônico, sendo o seu tratamento mais desafiador.

É possível tratá-la?

O primeiro passo é a consulta com um dermatologista, que vai avaliar o grau da foliculite decalvante. Quando se trata de uma inflamação em seus estágios iniciais, o procedimento tende a ser composto por sessões de compressas mornas.

Outras situações podem exigir o uso de pomadas anti-inflamatórias e até mesmo a intervenção com antibióticos — tópicos ou injetáveis — se necessário.

Assim, os sintomas vão sendo controlados gradativamente, e a pessoa pode recuperar a sua rotina normalmente, sem o risco de passar pela perda definitiva dos cabelos.

Deu para entender, então, o que é a foliculite decalvante e os principais sinais de sua presença — bem como o caminho para iniciar o tratamento? Então, não deixe de seguir-nos no Instagram para ficar sabendo, em primeira mão, de muitas outras dicas e temas sobre a saúde capilar.

One thought on “Foliculite decalvante: entenda essa inflamação na raiz do cabelo

  1. Por causa do agressivo estágio da foliculite decalvante eu perdi boa parte do cabelo. Agora ela se estabilizou, claro, com acompanhamento médico e vários tipos de medicamentos. A minha dúvida é, já que não existe mais a possibilidade de crescer por causa do trauma na raiz, é possível fazer uma implementação capilar? Fui orientado que uma vez que apresentada a foliculite decalvante, a tendência é ter alguns quadros de crise, que pode vir a piorar. Como seria isso com alguém com implante capilar? Seria pior? Não a vantagem nesse procedimento de implante capilar para quem já teve essa perda agressiva de folículo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *