Bulbo capilar: entendendo a estrutura do seu cabelo

Bulbo Capilar

Você já parou para pensar como é a estrutura do seu cabelo? O bulbo capilar, que podemos considerar a raiz do cabelo, está ligado a outras partes importantes que devemos conhecer para entender um pouco mais sobre a saúde do nosso couro cabeludo e fios de cabelo, inclusive nos episódios de queda acentuada dos fios.

Para que você possa absorver essas informações tão relevantes para a saúde dos cabelos, nós preparamos este post. A seguir, vamos explicar o que é bulbo capilar, sua composição e também apresentar dicas sobre como analisar a saúde das estruturas do cabelo. Acompanhe!

O que é o bulbo capilar?

A estrutura de um fio de cabelo é segmentada em sua parte externa e interna, e o bulbo capilar está presente no segundo caso. É lá que ele se encarrega de produzir e distribuir as células germinativas — que respondem pelo crescimento do cabelo.

Ou seja: toda a produção de cabelos corresponde à atividade do bulbo capilar, e que tem início com a entrega de nutrientes — levados pela corrente sanguínea — para a papila dérmica, localizada abaixo do bulbo.

Essa alimentação contínua é o que ajuda no crescimento e fortalecimento de cada fio de cabelo. Grande responsabilidade, não é mesmo?

Como ele é dividido?

Pensando agora em toda a estrutura capilar, vamos começar pela parte externa de um fio, que nada mais é do que a composição deles — formada pela cutícula, a medula e o córtex.

A parte interna, por sua vez, tem o nome de folículo pilo-sebáceo. Nele, encontramos:

  •         papila dérmica;
  •         bulbo capilar;
  •         glândula sebácea;
  •         músculo eretor do pelo;
  •         vasos capilares.

Estrutura capilar

E se você estava se perguntando em qual camada da pele está inserido o bulbo capilar, já adiantamos a resposta: na derme, que é a camada mais profunda, logo após a epiderme (mais superficial).

Qual é a importância dele para a saúde dos cabelos?

Por meio dele, os fios de cabelo crescem e são empurrados por novos fios, completando o seu ciclo de vida. Seu papel é muito relevante pois, sem os nutrientes necessários, os cabelos enfraquecem.

Inclusive, associado a outras questões (como o estado de saúde da pessoa), isso pode levar a um quadro de cabelo caindo com bulbo capilar. E é por isso que é fundamental também identificar a quantas anda a saúde do seu cabelo.

Como avaliar a saúde do bulbo capilar?

Existem diferentes métodos para isso. Abaixo, os principais, como:

Análise fio a fio

Caso você esteja com uma queda acentuada de cabelos, a recomendação básica é que você procure um profissional qualificado. Lá, ele vai fazer uma análise visual, primeiramente, composta pela avaliação de resíduos no couro cabeludo e a oleosidade na raiz. Os fios também podem ser puxados, com o intuito de testar sua elasticidade e resistência.

Lente de aumento

Outro exame que ajuda a identificar a saúde do bulbo capilar, no geral, é feito com o auxílio de uma microcâmera que aumenta significativamente o enfoque na estrutura capilar.

Com isso, o especialista pode analisar estado do couro cabeludo, do poro de onde saem os fios de cabelos e até mesmo o grau de cabelos brancos surgindo.

Como cuidar da saúde do bulbo capilar?

Fora das clínicas dermatológicas, você pode manter o bulbo capilar muito bem servido por meio de uma alimentação nutritiva. Isso inclui alimentos diversos, como:

  •         espinafre;
  •         salmão;
  •         carnes magras;
  •         frutas ricas em vitamina C;
  •         acelga;
  •         couve;
  •         agrião;
  •         ovos;
  •         batata-doce.

Vale adiantar que a queda de cabelos pode ser estimulada por diversos outros fatores, e não somente pelo estado do bulbo capilar. Para saber mais a respeito disso, confira outro artigo nosso, que explica como proceder com a queda de cabelos!

2 thoughts on “Bulbo capilar: entendendo a estrutura do seu cabelo

  1. Excelente artigo, muito bom! Aproveita e também dê uma passadinha em meu Blog tenho dicas interesantes lá, acredito que vai gostar. Obrigada!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *