Conheça as doenças que causam queda de cabelo

Doenças que causam queda de cabelo

Se você já tem o costume de acompanhar o nosso blog deve ter percebido que uma série de fatores influencia na perda de cabelo acentuada. E, entre eles, algumas doenças que causam queda de cabelo.

A boa notícia, nesses casos, é que o diagnóstico precoce ajuda rapidamente a reverter o quadro. E, para ajudar você a compreender melhor as causas que estimulam a queda acelerada de cabelo, nós produzimos este post.

Confira e descubra conosco quais doenças podem estar relacionadas ao aumento da queda de cabelo e como buscar tratamento adequado para cada uma delas.

1. Lúpus Eritematoso Sistêmico

O lúpus e outras doenças autoimunes podem, indiretamente, causar a queda de cabelos. Isso porque elas agem contra o próprio organismo. Como resultado, pode-se observar tanto uma queda mínima — e temporária — a até mesmo casos mais graves de alopecia cicatricial, que afeta permanentemente o couro cabeludo.

Vale destacar que essa doença pode afligir a homens e mulheres, e que o tratamento de doenças autoimunes não é definitivo. Ou seja: elas são controláveis, apenas, minimizando os seus efeitos e consequências.

2. Doença da tireóide

Distúrbios hormonais são doenças comuns que causam queda de cabelo — também presente na vida de homens e mulheres. Nesse caso, o fator é influenciado pelo hormônio produzido pela tireóide: a tiroxina.

Ela é importante para a regulação de outros hormônios e, quando a sua manutenção está comprometida, os cabelos também são prejudicados — seja para o seu crescimento ou mesmo para a nutrição dos fios.

Além disso, os cabelos são afetados tanto no hipertireoidismo quanto no hipotiroidismo, embora os efeitos sejam temporários e, normalmente, regulados quando a tireóide volta a funcionar adequadamente.

3. Síndrome de Cushing

Vale destacar outra condição hormonal associada à queda de cabelo: a síndrome de Cushing, decorrente do aumento de cortisol — produzido pela glândula adrenal — no organismo.

Entre as doenças que causam queda de cabelo, essa síndrome merece atenção porque também está associada ao nível de estresse do paciente. E, como se sabe, uma série de outros problemas (físicos e emocionais) pode surgir a partir do seu agravamento.

4. Doenças infecciosas

Muitas outras doenças que causam queda de cabelo começam com uma infecção. Ou seja: uma simples reação inflamatória sistêmica já pode fazer com que os fios caiam em abundância.

No geral, esse tipo de problema (que pode acometer mulheres e homens) é derivado da debilidade física causada pela infecção. Entre as doenças mais comuns causadoras da queda de cabelo, destacamos o HIV (quando o quadro geral causa infecções no paciente) e as hepatites B e C. Doenças sexualmente transmissíveis, como a sífilis, também se enquadram nessa lista.

5. Doenças do couro cabeludo

Por fim, atenção especial às doenças que causam queda de cabelo e estão diretamente associadas aos cuidados com o couro cabeludo. Entre as principais, destacamos:

  • seborréia;
  • psoríase;
  • micoses;
  • fungos;
  • excesso de oleosidade.

Para todos esses problemas, recomenda-se o uso de produtos utópicos — como xampus e cremes específicos, que podem até mesmo ser manipulados a pedido do dermatologista. Vale destacar que a gravidade de cada situação difere também pelo tempo que o paciente negligenciou o tratamento.

No geral, é possível minimizar ou mesmo reverter a queda acentuada de fios quando os problemas não se agravaram com o tempo.

Quer saber quais outras condições podem levar à perda de cabelo — algo que se estende à doenças que causam queda de cabelo? Então, confira também nosso artigo que explora as causas mais comuns para a queda!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *