Queda de cabelo: causas mais comuns

Queda de cabelo: causas mais comuns

A queda de cabelo é mais comum do que imaginamos — diferentemente de suas causas, que são tão variadas que dificultam a identificação de uma maneira rápida e eficaz de reverter ou minimizar o problema.

Para auxiliar nessa questão, este post reuniu algumas das principais causas para a queda de cabelo. E também vamos orientar você sobre como proceder caso esteja sofrendo dessa condição, independentemente de sua origem. Confira!

Queda de cabelo: causas hereditárias

A maior causadora de calvície masculina no mundo tem origem genética. Isso se deve à presença de um hormônio masculino derivado da testosterona, o DHT, que torna os fios capilares mais finos ao longo do tempo.

Conhecida como alopecia androgenética, a condição não tem cura, mas dispõe de uma série de tratamentos — como o implante capilar.

Problemas nutricionais

Uma série de deficiências nutricionais pode estar também relacionada às causas para a queda de cabelo fora do controle, como:

  • Dietas muito restritivas;
  • Falta de proteínas;
  • Falta de ferro;
  • Falta de vitaminas do complexo B;
  • Excesso de vitamina A, C ou E.

É claro que esse diagnóstico não é feito pelo indivíduo. Daí a importância em consultar-se com um dermatologista para identificar o problema e, assim, tratá-lo com eficiência.

Danos ao cabelo

O excesso ou negligência de tratamentos capilares (estéticos ou cotidianos) são considerados possíveis causas para a queda de cabelo, como:

  • Alisamento;
  • Modelagens capilares térmicas;
  • Excesso de banhos com a água quente demais;
  • Uso de químicas agressivas nos cabelos;

Em parte, são atitudes que ajudam a reforçar a queda de cabelo. Por isso, a orientação médica é determinante para avaliar o que tem potencializado essa condição nos pacientes.

Causas para a queda de cabelo feminino

As mulheres também são afetadas pela queda de cabelo. E muitas dessas causas podem ser analisadas com base nas seguintes questões:

  • Período menstrual;
  • Síndrome do ovário policístico;
  • Uso de anticoncepcionais;
  • Gestação e pós-parto;
  • Menopausa.

Remédios

Vale destacar também que o uso de determinados medicamentos, geralmente receitados em tratamentos diversos, podem contribuir entre as principais causas para a queda de cabelo. Entre os principais, destacamos:

  • Anabolizantes
  • Antibióticos;
  • Anticoagulantes;
  • Anticonvulsivantes;
  • Antidepressivos;
  • Anti-hipertensivos;
  • Beta-bloqueadores;
  • Corticóides;
  • Quimioterapia e radioterapia.

Além disso, diversos distúrbios psicológicos costumam estar associados à queda de cabelo, como o estresse emocional e os transtornos alimentares (como e anorexia e a bulimia).

Vale destacar que existem também as causas naturais, como uma consequência do envelhecimento. A queda de cabelo é resultado de um ciclo capilar que pode se encerrar precocemente ou de acordo com o nosso envelhecimento.

Convém observar que nem toda deficiência de vitaminas ou uso de medicamentos se converte em um quadro de queda de cabelo. Por isso, evite o autodiagnóstico e tratamento sem acompanhamento profissional.

Agende uma consulta com o dermatologista de sua confiança, caso tenha percebido um aumento inexplicável na queda de cabelo, e alinhe com o profissional o melhor tratamento para a sua situação.

E, caso você queira saber um pouco mais a respeito desse assunto e conhecer os melhores tratamentos disponíveis, não deixe de conferir outros artigos em nosso blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *